6 de dez de 2012

Rafinha Bastos, seu babaca

A semana começou com a foto do Rafinha Bastos e um xingamento ao Luciano Huck, bem ali, na página do meu email. Não quero saber nada de ambos, não me interessa nada deles. E antes de mais nada, nós temos que admirar o Luciano Huck.

Um cara que está com problemas com sua casa em uma ilha de Angra, que contrata o escritório da esposa do governador e pouco depois tem sua área legalizada não é de se admirar?

Você, Rafinha, está andando errado. Tá mexendo com essas pessoas que dominam a mídia e ao invés de andar com elas, você rema contra a maré. Pode ser essa a imagem que quer passar, contradizendo o que era ontem. Por que xingar uma pessoa publicamente pelo fato dela ter bebido e dirigido? Você nunca fez isso? Só anda de táxi?

Uma total falta de respeito - e talvez de assunto - criticar um apresentador de televisão por isso. Antes de mais nada ele é uma pessoa. Excelente vendedor, um nome e uma imagem forte, credibilidade na praça, faz e acontece. Mérito dele isso. Ele poderia ter vivido escondido na fortuna do pai, andando de Ferrari, Mc Laren, Porche, e matando pessoas. Mas não.

Rafinha, tire uma hora do seu tempo de querer aparecer e leia um pouco de Verissimo, pra voltar a fazer piada inteligente, porque humorista não é fantoche de programa e saite de fofoca.

Humorista faz rir. Faz rir de deboche, escárnio, sacanagem, de raiva, enfim, o humorista faz rir. Rir das piadas, e não da cara do piadista.

O que aconteceu entre o dia do xingamento e o da desculpa? Esse é um caso para o Mandrake?

Rafinha Bastos, seu babaca, nunca mais mexa com o Luciano Huck. E nem comigo.

Nenhum comentário: