14 de nov de 2012

Olha a merda que deu (15)


Antes de mais nada, é uma história verídica. Com todos os ingredientes. Amor, paixão, tesão, traição, e no fim, surpresa.

Aconteceu com a amiga de uma colega de trabalho, ouvi no intervalo essa história. É o seguinte, uma mulher namorava há anos e era louca pelo namorado.

As amigas sabiam que os dois acabariam casando e fizeram uma jura, “vamos arrumar um stripper moreno pra mostrar pra ela o que é dar de verdade; não sei como vai se casar com japonês!”

Ficou noiva. Marcou data e convidou as amigas. Festa de gala. Como era de gala a surpresa que as amigas preparavam, ao mesmo tempo.

Prepararam festa surpresa, no sítio de uma das amigas. No começo eram só elas, bebendo e falando de sacanagem, o tempo todo falando de sexo. A noiva confessou, no andar da carruagem, que tinha apenas um medo em casar, “não dar pra outro homem na vida”.

Era tudo o que as amigas queriam, vê-la assim. Enxugaram uma garrafa de tequila, dose por dose. Então entra um moreno sem camisa, dançando, as amigam se retiraram e ficaram os dois.

Aquela loucura rolando, ela tirando a bermuda, passando a mão no corpo dele, dançando e rebolando. As amigas olhando, rindo. A dona da festa então chupando o moreno e dizendo, “isso que é pau, japonês”. E as amigas olhando, bebendo.

Foi no chão mesmo. Queria rebolar, sentar em cima e cavalgar. E foi assim que ela começou. Gemia e gemia, parecia que estava fora de si. As amigas olhando.

Aquela loucura de despedida de solteira. Prometeram não contar pra ninguém.

Cinco dias depois ela casou. A festa foi magnífica. O marido é filho de cônsul. Dizem que estava maravilhosa de noiva.

Passaram lua-de-mel velejando no Mediterrâneo.

Dois meses depois uma surpresa, grávida. As famílias ficaram felizes, jantaram para comemorar. O assunto no jantar foi, como será o filho de uma ruiva e um japonês? Ela é ruiva com sardas, ele japonês. Casal mais feliz impossível.

No dia do parto aquela expectativa. Nasceria de cesariana. Todos a postos, filmadora, câmeras, celulares.

Quando o médico retirou o neném fez-se um silêncio na sala. Nasceu um menino moreno. 

3 comentários:

Dany disse...

kkkkkkkkkkkk Boa história.
Surpresa impressionante em kkk
Bjos...

Marcella disse...

Aquelas historias que a gente deseja do fundo do coração q tenham sido inventadas!

thelma ramalho disse...

nao podia ter usado camisinha?!?!?!?!?! kkkk