23 de ago de 2011

A Mina do Cara te ama!

Pois é, mais uma primavera para A Mina do Cara. Agora são dois anos de blog, sempre ativo com novas histórias; algumas picantes, outras nem tanto. As mais picantes são as melhores, na minha opinião. As românticas são as mais elogiadas, claro. Por falar nisso, tem tempo que não publico uma história romântica aqui. A crônica de hoje é justamente uma história de amor entre A Mina do Cara e seus leitores.


Através do blog eu pude conhecer várias pessoas legais, recebi vários elogios e também várias críticas. Não sou do tipo de pessoa que só está aberta a elogios, e tanto é verdade que os comentários do blog são abertos para todas as pessoas, inclusive o famoso e sempre presente Anônimo.

Outra curiosidade é que durante um ano e meio, mais ou menos, as pessoas não tinham ideia de quem sou eu – o cara por trás da Mina do Cara. Foi depois de um tempo que coloquei foto minha aqui, criei um perfil no facebook e troco ideias com vários leitores. E isso é muito legal, uma vez que eu posso conhecer e saber como são as pessoas que curtem meus escritos. Além do mais, posso ter contatos com as pessoas diretamente.

Para decepção de várias pessoas eu sempre falo, ‘essa história não é minha, foi inventada’. Talvez eu não devesse falar nada e manter o suspense. E pra piorar, meus amigos sempre falam: é você sim naquela história, pode confessar, você escreve muito parecido como fala, eu sei que aconteceu com você. E eu continuo decepcionando vocês, leitores, as histórias são ficcionais; é claro que algumas crônicas não são, mas as mais sacanas são ficcionais, ok? O maior elogio que posso receber é isso, o leitor acreditar em mim.

Vou abrir espaço aqui para um comentário. Um grande amigo meu ligou de Sergipe e me pediu um favor, escrever um texto pro blog com a seguinte frase: foi bom ficar com você. Escrevi a crônica, postei aqui e recebi vários elogios. Outro amigo – esse nós passamos o carnaval juntos no Rio este ano – me disse que se inspirou na crônica para escrever uma carta para sua ex, na França. Ela nunca havia respondido suas cartas. Depois dessa ela o respondeu. Quer elogio maior?

Agora quero falar um pouco sobre as imagens de capa da Mina do Cara. Eu aprendi a usar um programa que edita fotos com uma amiga blogueira, a Luna. E desde que aprendi não paro de olhar para uma foto e pensar, será que daria uma boa capa pro blog? Sempre que faço pergunto para a musa se posso usar; uma ou duas vezes só que a resposta foi negativa.

Outra coisa em relação a imagens, acredito que se tivesse foto no meio das crônicas teria mais gente lendo, curtindo, comentando. Não sei de onde tirei essa ideia, mas acredito nela. Deve ser por reparar nos blogs o tanto de imagens enlaçadas aos textos. Será?

Quase terminando, outra coisa que tem dado certo aqui são as séries. “Olha a merda que deu!” lidera como a série mais lida e mais comentada até o momento, seguida de “As mulheres”. São duas séries que gosto muito de escrever e que tenho vários capítulos guardados esperando para vocês lerem. E como não poderia ser diferente, a última crônica do mês de aniversário da Mina do Cara será...

Galera, quero deixar aqui um grande abraço para os homens – que comentam menos que as mulheres – e um beijo para todas as minas dos caras que aparecem por aqui. E pra terminar quero dizer que este ano está muito bom para mim e para A Mina do Cara! E que espero que pra você também esteja.

Nunca se esqueça: A Mina do Cara te ama!


8 comentários:

Cristina Maria disse...

Te leio faz um tempo né Marcio? E sempre volto pois é muito bom. E de tanto ler, não sei nem como até te conheci pessoalmente...A Mina do Cara! Hahahaha não poderia ser diferente, um discípulo do Ildo Carbonera, você é um moço cheio de talento literário, Mina do Cara, não leve a mal, estou falando com o Márcio autor...também te amo : )
Escreva, escreva sempre pra gente poder rir, pensar, se apaixonar e ver a merda que deu também.
Sucesso : )

Por que você faz poema? disse...

Chegarão outras primaveras,
muito mais picantes.

Blurry Butterfly disse...

É, Cara! Só posso desejar, pra vc e pra Mina do Cara, muito sucesso, pq talento vc tem de sobra! Beijo grande! Pri

A Mina do cara! disse...

Cristina, valeu! Pode deixar que estarei escrevendo sempre.
beijo pro cê.
__

Por que?, é o que espero. E acho que a galera também...
abraço aí pra Salvador - minha cunhada mora aí.

__

Pri, quem dera se tivesse de sobra como você disse. Valeu! volte sempre!
um beijo


_______

E você que lê até os comentários alheios e na sua hora não comenta nada, tá esperando o que pra deixar sua ideia aqui, na Mina do Cara?

Você sabia que A Mina do Cara te ama?

Luna Sanchez disse...

Parabéns pelos dois anos de blog, guri, parabéns!

Eu gosto de usar imagens em todos os posts mas é uma questão de estilo e acho que tu deve manter o teu, que eu gosto muito também.

Agora confessa pra gente que tem meeeeeeeesmo muita coisa tua nessas linhas, a começar pela tara por mulheres usando All Star, confessa!

Rá!

:p

Beijo, beijo.

Maggie May disse...

pelo que vi o cara está com uma mina…rs

Daniela Schlogel disse...

Parabéns, cara por trás da Mina do Cara, você manda muito bem, por isso sempre acabo passando aqui par ler algo de diferente.

=*

A Mina do cara! disse...

Luna, tá bom, vou assumir, mas só as histórias de sacanagem, viu... Rs.
Beijos
___

Maggie, com a Mina do Cara!
beijos
___

Dani, valeu demais!
beijos pro cê! Dá um abraço no Guga.

____

E você aí, tá olhando os comentários e não fez o seu? Aproveite e deixe aqui sua palavra.

Eu deixo a minha: A Mina do Cara te ama!