28 de jul de 2010

O encontro

                                                                 Autora: Manuela Freire




O Tão esperado momento chegou.

Finalmente eles se encontram pra pôr em prática todos os desejos tão pulsantes nos dois.



Ela chega na rodoviária e lá está ele, ansioso a sua espera. Eles se abraçam, ela cruza suas pernas sobre o corpo dele, ele fica tímido, mas o desejo é muito maior que qualquer timidez. O beijo pega fogo, o tesão então...

Entram no carro, começa um amasso daqueles, é paixão, tesão, vontade, saudade, tudo junto e esse mix é quase explosivo.

Partem direto pro motel, não querem perder tempo, desejam isso mais que tudo nesse momento.

A caminho do motel o clima é quente no carro, se acariciam calorosamente.

Já chegam tirando suas roupas, ele a joga na cama com firmeza, ela adora, ele a beija como nunca ninguém a beijou antes, é paixão, não tem como negar.

Decidem tomar banho juntos, partem pro chuveiro, ele a ensaboa de forma excitante, ela não resiste e geme, é muito tesão.

Ele põe a mão e sente que ela está completamente molhada de prazer... Ali mesmo já começam a se beijar novamente, ele a tira do chuveiro totalmente molhada e deitam na cama sem se preocupar com mais nada. Ele começa a chupá-la, nossa, que chupada, ela vai na lua e volta várias vezes, perde as contas de quantas vezes goza em sua boca, ela sai e começa a chupá-lo com vontade, nesse quesito ela sabe o que está fazendo, ele geme de prazer, ela geme de vê-lo tão excitado.

Chupa gostoso, quando ele não está mais se agüentando, ela senta com vontade, ele a preenche por inteiro, ela sente aquele pau duro, grande e grosso. Ela rebola com vontade, quer vê-lo gozar como nunca e ela também quer gozar como nunca, a química bateu.

Eles gozam longamente, estão fracos, sugaram a energia um do outro. Foi bom demais.

Eles se olham, se beijam, agora eles têm certeza de que encontraram a pessoa pela qual procuravam, se olham novamente e dizem eu te amo no mesmo momento.

Se beijam, se beijam, se beijam e se abraçam forte.

É ele pensa ela, é ela pensa ele.

.... continua!

13 comentários:

Cristina Maria disse...

minha educação não permite comentar esse tipo de crônica, mas...puta que o pariu! ficou uma delícia!

Abraços!

Valéria Sorohan disse...

Terminando em certezas, que completam a cena como o orgasmo completa o ato.

Luna Sanchez disse...

Bom começo. Quando tem mais?

Beijo.

ℓυηα

Mgomes - Santa Cruz disse...

Ei Mina do cara; Lindo, não sei dizer mais nada
Um abraço
Santa Cruz

Por que você faz poema? disse...

Ufa! Vamos ver o dia seguinte.

Canto da Boca disse...

Essas coisas sao inequívocas! Eles querem mais, e nós também!
Risos.

Sim, os dois poemas lá no Canto, sao meio-irmaos,

Beijo!

;)

Identidade de Pensamento disse...

Obrigada pelo carinho linda.
Seus textos continuam deliciosos de ler.

O Essencia , já foi reaberto novamente. Passe lá.

beejos

A Mina do cara! disse...

Luna, tem mais quando eu for visitá-la novamente, eu espero...
___
Canto, eu sabia!
__
ID e Pensamento, é claro que voltarei lá...
__

Obrigado a todos. Vou pedir pra autora vir aqui agradecer a vocês, certo?

Grafite disse...

muito bom!
=D

Folhas de Andreza disse...

Passando pra desejar MARAVILHOSO fds,com bjks doce no ♥.

Eu sou o GOOGLE disse...

Obrigada pela passagem no blog. Já tenho um filho de 7 anos e sempre ensinei a ele: nào mentir, muito menos para ele mesmo. Como dizia Renato Russo: mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira...

Muito caliente seu texto...acontece né?
Comigo já conteceu algo assim...
muitos beijos

Valéria Sorohan disse...

Puta merda! Mas a mulher da foto principal me lembrou a Janis Joplin (:

Brigitte disse...

Pessoal, mto obrigada pelos comentários... as cenas do próximos capítulos já estão aqui na minha cabeça, só falta passar pro papel...
assim q estiver pronto, será postado!

inspirem-se e gozem bastante! ;)