30 de dez de 2013

Eu sou de Foz

Ser de Foz não quer dizer que a pessoa nasceu em Foz do Iguaçu. Como também não quer dizer que a pessoa more em Foz. Ser de Foz é estar em qualquer parte do planeta e ter morado algum tempo em Foz, ter amigos de Foz.

Foz do Iguaçu é uma cidade onde convivem muçulmanos, judeus, árabes, orientais, argentinos, paraguaios, brasileiros, enfim, uma pequena parte do mundo convivendo pacificamente. Andar pelas ruas e ouvir diferentes sotaques, ver diferentes vestimentas. 

Tenho grandes amigos em Foz e a cada visita é uma felicidade sem tamanho. Rever amigos, relembrar histórias, reviver momentos faz bem para a alma, para o corpo. É muito bom saber que depois de viajar mais de 1.500 km sou recebido com sorrisos, abraços.

Em época de feriadão é ainda melhor viajar pra Foz. É quando encontramos toda  a galera de Foz - que não mora mais em Foz. Muitos já são pais e mães e ver a criançada entre nós é muito saudável. Acaba que conhecemos pessoas que já conhecíamos mas não éramos amigos - irmãos mais novos que antes andavam com a turma mais nova agora já faz parte da turma.

Revi muitos amigos - algumas pessoas que não espera ver, confesso. E confesso que foi ótimo estar em Foz mais uma vez, e desta vez para selar que precisarei voltar várias vezes mais. E por um nobre motivo: minha sobrinha nasceu na terra das Cataratas. 

Voltarei mais vezes - e espero que com mais frequência. Voltarei para batizar minha primeira sobrinha, a Júlia, e ela poderá dizer com toda propriedade um dia: eu sou de Foz.

Foz não é apenas uma cidade, Foz é um estado de espírito, uma amizade sem fim, uma forma de ver o mundo e respeitar as diferentes pessoas, as diferentes culturas. Estar em Foz é acordar cedo, ir ao Paraguai, e à noite beber uma cerveja com os amigos na Argentina. 

Não nasci em Foz, mas eu sempre digo aos outros: eu sou de Foz.

Nenhum comentário: