5 de nov de 2010

Entre Estrelas com Amargha Reth

Boa noite amigo telespectador, eu sou a Mirian Jordão, jornalista pós-graduada em entrevistas com estrelas, mestrado na mesma área com a dissertação Como entrevistar um super-star sem deixá-lo constrangido, e doutora nos Estados Unidos, onde existe o maior número de estrelas no mundo. Minha tese foi Estrela Cadente?, salvo o trocadilho, sobre as personalidades que ficam famosas nos reality shows. Hoje minha entrevistada é a popularíssima Amargha Reth. Boa noite Amargha, antes de mais nada quero perguntar a você como se sente neste mundo lunático?, parece que as coisas vivem fora do lugar [comum] a você? Concorda comigo que este [seu] mundo é um pouco lunático?

Boa noite, querida Mirian! Muito obrigada pelo convite, é uma honra ser entrevistada por você, viu? Adorei seu cabelo... é acaju púrpura 6.9?

Meu mundo é mesmo lunático e eu gosto bem muito, vivo soltinha nele com minhas fases e eclipses.

Amargha, você deixou aqui solto no ar que gosta de ficar soltinha, leve. Como é o assédio, como você lida com o assédio dos fãs? Você deve ser muito assediada, ainda mais com sua foto com essas pernas. Porque a gente que vive nesse mundo - se bem que o seu é um pouco lunático, né - passa por situações inusitadas. Eu mesma já passei por várias. Você pode contar uma situação engraçada para seus fãs?

Jesus amado... mas você fala, hein? Credo, que agonia! Parece que não vai parar nunca mais, nem para respirar!

Bom, não gosto nem engulo esse papinho dos famosos, essa reclamação constante de que não conseguem ter uma vida normal por conta do assédio dos fãs. Historinha, palhaçada, afetação! Quem quer anonimato se enfia em uma fábrica ou em um escritório e não na novela das oito.

Não sou uma celebridade (embora os coxões eu não negue), sou apenas uma intrometida que ganhou a simpatia das pessoas e adoro, adoro isso! Meus ouvintes são sempre carinhosos e gentis comigo.

Isso é uma característica marcante em nós, não? Nós, apresentadoras, gostamos de deixar os entrevistados sempre à vontade, e percebo que aqui, Entre Estrelas, é o lugar certo pra essa doçura de Armargha Reth. Fico felicíssima em saber que você fica numa boa aqui comigo, como dizia meu avô querido que Deus o tenha, com a cabeça em meu ombro. Me conta um caso muito legal que chegou para você. E logo depois teremos as perguntas dos internautas.

O mais estranho de todos foi o do cara que escrevia nas costas da namorada durante o sexo, escrevia com caneta mesmo, e ela nem sabe o que ele rabiscava, só contou que o moço ficava taradão quando fazia isso... rs

Outro que gostei bastante foi o da mulher que pensava em chamar a melhor amiga para um ménage em comemoração ao seu aniversário de casamento. Sem comentários, néam?


Um programa como o seu tem mesmo que chegar perguntas interessantes, querida. E veja o que o nosso telespectador de Aracaju escreve perguntando: "Amargha, em primeiro lugar quero dizer que você faz um ótimo programa. Minha pergunta é a seguinte: tem um ano e meio mais ou menos que saio com uma garota, nossa relação é basicamente só sexo - de vez em quando pedimos uma pizza. Nós usamos camisinha uma única vez, no primeiro dia. E agora quero usar todas as vezes. Me ajude a abordá-la de forma que não pareça que eu acho que ela está... é... com outro. Um beijo pras duas. Mande um beijo para Aracaju, nós adoramos vocês." Um beijo pra todo mundo de Aracaju. Amargha, o que dizer ao nosso telespectador que esqueceu de colocar seu nome na pergunta?

Que bacana! Beijocas para Aracaju!

Minha dica para o rapaz : coisa fofa da titia, camisinha tem que usar sempre, SEMPRE. Não existe mais esse constrangimento, esse medo de que a outra pessoa sinta-se desrespeitada porque é justamente o contrário, entende? Usar é prova de respeito consigo e com o outro, fim de papo.

Vocês ouviram a Amargha, usem sempre camisinha. Nós vamos a um rápido intervalo comercial e logo logo voltamos com essa linda Amargha Reth, conversando com os internautas pelo nosso e-mail, dando mais dicas, e revelando um pouco mais sobre sua personalidade. Não saiam daí, voltamos em um minutinho.

 

(Cinco minutos depois)


Boa noite amigo telespectador, eu sou a Mirian Jordão, jornalista com mestrado na mesma área com a dissertação Como entrevistar um super-star sem deixá-lo constrangido, e doutora nos Estados Unidos, onde existe o maior número de estrelas no mundo. Minha tese foi Estrela Cadente?, salvo o trocadilho, sobre as personalidades que ficam famosas nos reality shows. Para quem chegou só agora, a estrela de hoje é a Amargha Reth. Amargha, sendo pop e conhecida, isso atrapalha você a se soltar quando está a sós com seu querido?

Não entendi a pergunta, Mirian... poderia reformulá-la?

O que eu quero saber, e acho que muitos dos nossos telespectadores querem saber também, é se a fama e o sucesso fazem você ficar inibida entre quatro paredes. Se faz tudo o que gosta, se você gosta...

Desde que não tenha nenhuma câmera ou microfone, tudo beleza pra mim. Juro por Deus que não entendi o porquê dessa pergunta. Próxima!

Eu não disse que essa dúvida era de mais pessoas? Aqui tenho um e-mail da nossa telespectadora Babi dizendo que adora o seu programa, sempre quis perguntar e tinha vergonha, e aqui, no Entre Estrelas, ela resolveu soltar o verbo. A querida Babi diz assim: "Amargha, eu queria saber de você o seguinte, eu gosto muito do meu namorado, e ele também gosta muito de mim, só que eu não me solto totalmente entre quatro paredes - você me entende, né? Ele quer que eu me solte e deixe tudo nas mãos dele. O que eu faço? Um beijo, adoro o seu programa!"

NÃO, EU NÃO TE ENTENDO! O namorado quer que você se solte e deixe TUDO nas mãos dele... e você está aqui fazendo perguntas pela Internet?! Ah, vá!

Amargha, você realmente é ótima! E você, amigo telespectador, não saia daí que nós voltaremos no próximo bloco com uma pergunta decisiva para a Amargha Reth, nossa estrela do dia! Voltamos em um minutinho, continue enviando e-mails e comentários em nosso saite, não deixe de participar, afinal, você também está Entre Estrelas.

(Cinco minutos depois)

Olá amigo telespectador, eu sou a Mirian Jordão, jornalista especialista em estrelas, e se você ligou somente agora merece um puxão de orelhas meu e da nossa querida Amargha Reth, a estrela do dia. Nosso programa está no último bloco, e você continua conosco pela internet. Amargha, seu programa é um sucesso de público, a que atribui esse brilho todo? Gostaria que dissesse tudo o que tem vontade de dizer agora - só não esqueça que estamos no último bloco, e ele é mais curtinho...

Ah, sim... claro. Esse bloco é mais curtinho e a sua despedida deve ser quilométrica, né?

Os ouvintes são receptivos e carinhosos comigo. O brilho de que fala vem deles. Simples assim.

Querida, obrigada pelo convite, adorei, viu? Peço que me desculpe caso eu tenha falado demais e ocupado muito tempo da entrevista.

Um beijo grande para você e para todos os telespectadores.

Causem, sempre e muito!

Nosso tempo infelizmente está chegando ao final, eu agradeço aos patrocinadores do programa, ao editor, equipe técnica, a você telespectador, e em especial a esta figura que hoje está aqui comigo, Amargha Reth. Muito obrigada a todos. Um beijão a todos e não deixem de participar do nosso chat na internet. Envie o seu comentário, diga o que mais gostou. Entre no saite e saiba como participar da nossa nova promoção: Um dia com sua estrela preferida. Um beijo a todos e até o próximo Entre Estrelas comigo, Mirian Jordão! Tchau!

44 comentários:

Marcio Nicolau disse...

Sou fã da Amargha. Ela realmente responde. Sobretudo se o entrevistador ou entrevistadora deixa. Entendeu a deixa? rs

Marcio Nicolau disse...

Falando sério agora: muito bacana a brincadeira, adorei.

'Lara Mello disse...

Lii e riii..Tava semana passada no programa da Amargha! Bju

Mônica disse...

Adorei saber um pouco mais sobre a Amargha!

Bjo

so sad disse...

eu acho que a Amargha é o prototipo de mulher que homem gosta de pegar...

bjo!

Vi e Ouvi Por Ai disse...

Aposto que depois dessa entrevista, muito homem estará enlouquecido pela Amargha hehehehe... (os que já estavam...estarão mais ainda rss)... Muito engraçado, principalmente as pitadas de sarcasmo rssss...

Que bom que só a Mina responde é que vai dar um tepinho... rs... mas espero que ela volte logo!!!

Quer dizer que terá surpresas no blog??? OBA!!! Fiquei super curiosa!!!!

Sobre os livros de Agatha Christie...ahhh sem comentários!!! a mulher era um gênio do crime!!!! rssss...

Beijoss e ótimo final de semana!!!

Vivian

Luna Sanchez disse...

Ei, Cara da Mina, posso responder aqui também (sim, sou uma guria intrometida...)?

Marcio,

Rs...Boa deixa essa de "se o entrevistador deixa". Gostei!
________
Lara,

Estava sim, linda e doida, do jeito que eu adoro!

* Sabia que "Lara" é o nome preferido do Cara da Mina? =)
________
Mônica,

E ela quase nem gosta de se espalhar, néam?
________
So sad,

Também acho, viu? Divertida, gostosona, inteligente, safadinha...Pena (dirão alguns) que ela não use tênis...ehehehe

#PiadaInterna
________
Vivian,

Uia, será?

* Vou passar no teu blog depois, pra conhecer, tá?
________
O Cara,

Obrigada pelo convite, gostei um taaaaaanto assiiiiiim da brincadeira!
________
=**

ℓυηα

A Mina do cara! disse...

Márcio, acredita que eu também acho. VOcê está certíssimo!
um abraço, volte sempre!
____

Lara, xará da minha mina, eu também adoro! um beijo. Apareça!

___

Mônica, o Cara por trás da Mina também, você não faz ideia!

___

So Sad, existe um protótipo?
Eu jurava que inteligência era o principal motivo que leva um homem a gostar da mulher. Juro que achava isso.

Beijão. Viu que o Paul está em POA já né!

___

Vivian, assim eu nem durmo...

Beijo e ótimo fim de semana!

___

Luna, o prazer é meu - também!
Intrometida? As duas?

Às duas!

um beijo às duas.

___

E pra você que leu e não comentou, um beijo e um abraço da Mina do Cara!

Pérola Anjos disse...

Sou fã de carteirinha da Amargha!

P.S.:Muito boa a proposta, apesar da entrevistadora ser tagarela. :)

Beijos!

Amanda Luna disse...

kkkkk morri de rir co messa entrevista!!!! a Amargha é ótima!!!
beijão venha me visitar quando puder!!
www.sermulhereomaximo.com.br

A Mina do cara! disse...

Pérola, também sou fã da Amargha.
qual proposta que foi boa?

um beijo.
__

Amanda, valeu! já estou lá.

um beijo

Neo disse...

Muito show!

Abraços


Neo
Todos os Sentidos

Bruno Fernando disse...

Hum! Adorei uma entrevista com Amargha, óbviamente não perderia isso por nada rs!

Beijos ;)

Gabi Rodrigues disse...

Juntaram o útil ao agradável. O talento da Mirian Jordão (quase uma Marília Gabriela) com a linda e exuberante Amargha Reth que eu amoooo! Ficou um máximo a entrevista, isso aqui tá cada vez melhor, hein? Parabéns ae pro "cara da mina" rs, vc tá se superando!

Um bjo enorme e com sabor de morango com chantilly;**

A Mina do cara! disse...

Neo, valeu!

__

Bruno, eu também não.

__

Gabi, obrigado, e espero que este beijo gostoso deixe alguém com ciúme, né? Um beijo.

__

O Cara por trás da Mina manda um beijo na boca bem lento e demorado pras minas, e pros caras um aperto de mão!

A Mina do Cara te ama!

Marcio Nicolau disse...

Hey, pessoal

a audiência da entrevista foi bacana, heim?! A Amargha é um sucesso, com aquele jeitinho dela doce...

A Mina do cara! disse...

Marcio, o sucesso do programa é vinculado à estrela e seus telespectadores.

Aqui é o seu lugar, Entre Estrelas.

Mirian Jordão, jornalista pós-graduada em entrevistas com estrelas, mestrado na mesma área com a dissertação Como entrevistar um super-star sem deixá-lo constrangido, e doutora nos Estados Unidos, onde existe o maior número de estrelas no mundo. Minha tese foi Estrela Cadente?, salvo o trocadilho, sobre as personalidades que ficam famosas nos reality shows.

beijos estrelados.

Luna Sanchez disse...

Pérola,

Sempre linda e doce. Adoro!
________
Amanda,

Que bom! =)
________
Bruninho,

Rs...e veio de avião, néam?
________
Gabi,

Gatoooonaaaaa, coisa mais amor, tu!

Fico com as doçurinhas das palavras mas os beijos melados deixo todinhos para o Cara da Minha, deal?

:P
________
Marcio,

Doce e sacana...ehehehe
________
=**

ℓυηα

Flor de Lótus disse...

Muito boa a entrevista da Amargha.
Adorei o blog, voltarei mais vezes.
Beijos

Marcio Nicolau disse...

A Amargha é irreverente, Luna.

Quanto ao currículo da Mirian Jordão, Mina, é invejável mesmo, ela é super experiente.

Sylvio de Alencar. disse...

Gostaria de soltar o verbo :) mas, entre iguais, costumo ser cáustico (embora não vitriólico), o que poderia causar uma desnecessária saia justa.

(estou ouvindo Phill Collins - Do You Remember - legendado: http://www.youtube.com/watch?v=O1AxdeuHg-U. Um pouco cafona mas, gostoso e com boa letra)

Vamos a crítica, que sem ela não vivo, não me lapido.

Achei que não houve profundidade nas perguntas e questionamentos, gosto de sucos, não de refrescos; sei lá..., faltou mais limão nesta caipirinha, a cachaça (de procedência reconhecida - já fui fã), poderia ter vindo mais encorpada...

Nossa amiga entrevistadora tem jeito pra coisa, o que senti falta foi de mais pimenta, mais tempero, mais... ímpeto poético! talvez? Nesta degustação faltou o gosto (muito característico) da entrevistada que, sabemos todos, é delicioso.

Os pratos, ou as perguntas (como queiram), vieram sem a consistência e o preparo (comedido mas envolvente) que a receita requer para que usufruir de toda a potencialidade que o acepipe (saboroso, repito) hummm..., tem.

A entrevistadora tem potencial, digo isso por ter a acesso as fontes fidedignas e conhecimentos de outros trabalhos realizados por sua equipe, muito elogiados inclusive por mim.

Achei a entrevista um tanto quanto sem corte, algumas estrelas são inteligentes (como também alguns leitorinhos), têm-se que estar preparada.

No mais, louvo a iniciativa. Tem tudo para dar certo!
Que a entrevistadora se aprofunde mais em si, para que possa retirar da entrevistada tudo o que ela possa dar para todos nós.

Achei falta de respeito vir aqui e deixar um 'muito legal, viu?'.
Amigos, vcs sabem, também servem pra (graças a Deus!), descer a lenha!

Sem querer ter causado (sério!), me despeço.
Atenciosamente
Sylvio Boscov.

Sylvio de Alencar. disse...

Gostaria de soltar o verbo :) mas, entre iguais, costumo ser cáustico (embora não vitriólico), o que poderia causar uma desnecessária saia justa.

(estou ouvindo Phill Collins - Do You Remember - legendado: http://www.youtube.com/watch?v=O1AxdeuHg-U. Um pouco cafona mas, gostoso e com boa letra)

Vamos a crítica, que sem ela não vivo, não me lapido.

Achei que não houve profundidade nas perguntas e questionamentos, gosto de sucos, não de refrescos; sei lá..., faltou mais limão nesta caipirinha, a cachaça (de procedência reconhecida - já fui fã), poderia ter vindo mais encorpada...

Nossa amiga entrevistadora tem jeito pra coisa, o que senti falta foi de mais pimenta, mais tempero, mais... ímpeto poético! talvez? Nesta degustação faltou o gosto (muito característico) da entrevistada que, sabemos todos, é delicioso.

Os pratos, ou as perguntas (como queiram), vieram sem a consistência e o preparo (comedido mas envolvente) que a receita requer para que usufruir de toda a potencialidade que o acepipe (saboroso, repito) hummm..., tem.

A entrevistadora tem potencial, digo isso por ter a acesso as fontes fidedignas e conhecimentos de outros trabalhos realizados por sua equipe, muito elogiados inclusive por mim.

Achei a entrevista um tanto quanto sem corte, algumas estrelas são inteligentes (como também alguns leitorinhos), têm-se que estar preparada.

No mais, louvo a iniciativa. Tem tudo para dar certo!
Que a entrevistadora se aprofunde mais em si, para que possa retirar da entrevistada tudo o que ela possa dar para todos nós.

Achei falta de respeito vir aqui e deixar um 'muito legal, viu?'.
Amigos, vcs sabem, também servem pra (graças a Deus!), descer a lenha!

Sem querer ter causado (sério!), me despeço.
Atenciosamente
Sylvio Boscov.

Ju Fuzetto disse...

Adorei entrevista da Amargha ela é um arraso...

Um beijo e boa semana pra vc!!!

A Mina do cara! disse...

Sylvio, obrigado pelos elogios e pelas críticas também.
Nós sempre esperamos mais de entrevistas, não?

um abraço e não some, viu...

__

Ju, eu tabém adorei e adoro ela.

valeu!
beijo e ótima semana!

__

E pra você que leu e não comentou, um beijo da Mina do Cara!

Gio disse...

Amargha é show mas que historia é essa de mina do 808? quem é o cara?
Ciumes Lunalinda.
Bjo

Luna Sanchez disse...

Flor de Lótus,

Volta sim, tem sempre coisas ótimas por aqui. ;)
________
Marcio,

É sim, moço, é sim.
________
Sylvio,

"Profundidade", "encorpada", "pimenta", "ímpeto", "degustação", "gosto", "delicioso", "consistência", "envolvente", "pontencial" e "lenha" no mesmo comentário = tu está no período fértil!

Rs
________
Ju,

=)
________
Gio,

A Mina é a Mina e o Cara é o Cara. Só isso.

Faz bico não. ;)
________
=**

ℓυηα

Luna Sanchez disse...

Corrigindo : "potencial".

Sylvio de Alencar. disse...

Não seja tão formal, Mina; fica parecendo que não nos conhecemos; mas te digo: conheço-o o suficiente para poder ficar a vontade do seu lado: li com atenção postagens suas de muitos meses atrás, vc tem uma maneira coloquial de escrever que me agradou, quando mudou um pouco seu estilo parei um pouco de vir; por outro lado sempre fico atento à pessoa por trás dos posts, assim como às suas respostas e comportamentos; as vezes me parece infantil, mas sei que não é; as vezes acho que vc poderia se colocar mais 'contundentemente'..., como eu!; mas, como a michela Luna citou: sem nunca perder..., sem perder..., a consciência das coisas, a consideração, o amor, a atenção... (ternura é coisa de fema - rsrsrs!!!).
Mostre a que veio!, porque uma coisa lhe digo: você já chegou!!!
Um grande abraço, Mina. Boto mó fé no seu taco! (ôpa!)



Ahahahah!!!!!!
Ai Luna, vc me mata!!!!
Pensando bem, é quase um cio!!!! :P

Valéria Sorohan disse...

A Amargha é um doce e muito inteligente também. Sabe tudo essa mulher.
Gostei e achei o post super divertido.

BeijooO'

Cáh disse...

hauahuah.... doce e azedo.


Um beijo

Luna Sanchez disse...

Sylvio,

Rá, sabia! =)

Quanto a fé no taco alheio, prefiro não comentar...ehehehehe
________
Valéria,

Que bom, obrigada!
________
Cáh,

Agridoce total! ;)
________
=**

ℓυηα

Sylvio de Alencar. disse...

Esclareço!: este 'cio', é 'sentimental"! se fosse sexual só, a gente dava um jeito rapidinho! E quantas vezes fosse nescessário (como eu fazia quando tinha 16! (rarararararara!!!!)

Luna, vc me mata! Ainda bem que vc foi inventada! Preciso dar um abraço em seus pais, um dia!

A Mina do cara! disse...

Sylvio, você é da época que o blog tinha 20 seguidores, me lembro perfeitamente, como me lembro que foi você que me falou para responder aos comentários aqui; você se lembra disso?

Deixa eu ver se entendi, você quer que eu apareça mais como pessoa, mostre quem sou eu, minhas posições sobre determinados assuntos; é isso?

Eu sou daqueles que acreditam que pelo texto falam tudo o que tem para falar. Estranho falar isso escrevendo uma resposta deste tamanho, não? Até seria, mas acredito que este contato é muito bom e interessante.

Não imagina o que é ler alguém falar que bota fé no seu taco, é um elogio e tanto. Fico muito grato. Os elogios são sempre bem-vindos; alguns chegam a ser perigosos, eu sei. Você sabe que até hoje ninugém falou mal daqui; é claro que alguns erros e falhas já foram falados. Eu percebo algumas falhas depois de publicado algum texto - os de improviso são mais comuns. (Perfeccionismo, já ouviu falar? O Senna era como piloto.)

E mais uma coisa pra você: eu também quero ir ao Rio Grande dar um abraço no pai da Luna. E vou levar pra ele uma pinguinha mineira, direto da roça.

um abraço.

PS.: depois me fala o que achou do "Seda recheada", ok?
___

Valéria, valeu!
um beijo.

_

Cah, é isso mesmo, como tudo.

um beijo.

___

Aqui está tocando essa música:

"Pode o céu cair, pode o mundo desabar / no ruim de tudo a gente tem um ombro amigo para se encostar.
Pode o céu cair, pode o mundo desabar / no fim de tudo a gente sempre tem um bom motivo pra sonhar."

Já ouviram?

Um beijo, e não se esqueça, A Mina do Cara te ama!

Sylvio de Alencar. disse...

A Mina do cara! disse... Sylvio, você é da época que o blog tinha 20 seguidores, me lembro perfeitamente, como me lembro que foi você que me falou para responder aos comentários aqui; você se lembra disso?

Menos que 20!: umas 7!

Responder é o must!

Naquela época vc escreveu uns posts legais: a resposta ao Vampiro de curitiba..., o texto sobre a menina do ponto ônibus..., entre outros.
Achei que vc ía deslanchar meio que por aí, mas, vc começou a trocar tititis com as mina que apareciam; achei que os posts se diluíram em algo leve demais...;
tive a impressão de que aqui estava muito oba oba...

(repare: estou me colocando...)

Quanto à entrevista, é uma boa idéia; mas, perigosa! Vejamos: foi pega uma ferinha do blogguer..., que é (muito) articulada na escrita, azedinha como um limão, carece de papas na língua e no entendimento (vai direto ao ponto), ardidinha como pimenta dedo de moça (não como malagueta, cumari...; é mais suave, cheirosa e saborosa); sendo assim, é grande o risco... mas tudo bem, fugi do papo;
é isso mesmo, que vc não faça sala, que não seja 'legalzinho', 'amoroso', 'o ombro amigo'... Que sintamos por meio de sua escrita, quem é realmente o Cara. Que vc se mostre, como alguns que vc admira, fazem. por exemplo: não vou ao blog da Luna (eita!, sempre ela!!) para pagar um pauzinho, pra dizer o quanto ela é legal!, esperta!; vou até lá inteiro, falo o que minha alma fala (e tem muito a dizer), me mostro, não uso o que 'gostaria de ser' para escrever e comentar, eu uso 'o que sou'! Não deprecio 'imagem', mas basear-se nela para 'ser', é uma roubada. Sinto as vezes uma falta de segurança em vc, então, nestes momentos, vc fica 'social'.

(vejo estas coisas em mim, por isso falo 'de' vc)

O caminho é estar-se sempre beem proximo a si mesmo; o externo tem que bater com o interno...

Talvez não fosse nescesário este papo estar acontecendo, mas, se ele está acontecendo é porque assim deve ser. Deixo fluir o acontecimento... também posso me sentir meio... 'inseguro', 'indefeso', ao realizaar esta ação; mas, estou 'sendo', e isso é gratificante para almas abertas.

Vc deve estar se procurando, como todos estamos, o que é meio que bobeira; o que procuramos em nós é o que somos. Então pra que perder tempo 'procurando'?

Bem, comece a mostrar quem vc é, tenho certeza que ficaremos bem impressionados.

Abrçs.


Deixa eu ver se entendi, você quer que eu apareça mais como pessoa, mostre quem sou eu, minhas posições sobre determinados assuntos; é isso?

Eu sou daqueles que acreditam que pelo texto falam tudo o que tem para falar. Estranho falar isso escrevendo uma resposta deste tamanho, não? Até seria, mas acredito que este contato é muito bom e interessante.

Não imagina o que é ler alguém falar que bota fé no seu taco, é um elogio e tanto. Fico muito grato. Os elogios são sempre bem-vindos; alguns chegam a ser perigosos, eu sei. Você sabe que até hoje ninugém falou mal daqui; é claro que alguns erros e falhas já foram falados. Eu percebo algumas falhas depois de publicado algum texto - os de improviso são mais comuns. (Perfeccionismo, já ouviu falar? O Senna era como piloto.)

E mais uma coisa pra você: eu também quero ir ao Rio Grande dar um abraço no pai da Luna. E vou levar pra ele uma pinguinha mineira, direto da roça.

um abraço.

PS.: depois me fala o que achou do "Seda recheada", ok?

Sylvio de Alencar. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sylvio de Alencar. disse...

Menos que 20!: umas 7!

Responder é o must!

Naquela época vc escreveu uns posts legais: a resposta ao Vampiro de curitiba..., o texto sobre a menina do ponto ônibus..., entre outros.
Achei que vc ía deslanchar meio que por aí, mas, vc começou a trocar tititis com as mina que apareciam; achei que os posts se diluíram em algo leve demais...;
tive a impressão de que aqui estava muito oba oba...

(repare: estou me colocando...)

Quanto à entrevista, é uma boa idéia; mas, perigosa! Vejamos: foi pega uma ferinha do blogguer..., que é (muito) articulada na escrita, azedinha como um limão, carece de papas na língua e no entendimento (vai direto ao ponto), ardidinha como pimenta dedo de moça (não como malagueta, cumari...; é mais suave, cheirosa e saborosa); sendo assim, a figura da 'entrevistadora' pode ficar 'diluída', o que não é legal. Mas tudo bem, fugi do papo;

é isso mesmo, que vc não faça sala, que não seja 'legalzinho', 'amoroso', 'o ombro amigo'... Que sintamos por meio de sua escrita, quem é realmente o Cara. Que vc se mostre, como alguns que vc admira, fazem. por exemplo: não vou ao blog da Luna (eita!, sempre ela!!) para pagar um pauzinho, pra dizer o quanto ela é legal!, esperta!; vou até lá inteiro, falo o que minha alma fala (e tem muito a dizer), me mostro, não uso o que 'gostaria de ser' para escrever e comentar, eu uso 'o que sou'! Não deprecio 'imagem', mas basear-se nela para 'ser', é uma roubada. Sinto as vezes uma falta de segurança em vc, então, nestes momentos, vc fica 'social'.

(vejo estas coisas em mim, por isso falo 'de' vc)

O caminho é estar-se sempre beem proximo a si mesmo; o externo tem que bater com o interno...

Talvez não fosse nescesário este papo estar acontecendo, mas, se ele está acontecendo é porque assim deve ser. Deixo fluir o acontecimento... também posso me sentir meio... 'inseguro', 'indefeso', ao realizaar esta ação; mas, estou 'sendo', e isso é gratificante para almas abertas.

Vc deve estar se procurando, como todos estamos, o que é meio que bobeira; o que procuramos em nós é o que somos. Então pra que perder tempo 'procurando'?

Bem, comece a mostrar quem vc é, tenho certeza que ficaremos bem impressionados.

Abrçs.

Sylvio de Alencar. disse...

Seda Recheada??
(:o!

A Mina do cara! disse...

Sylvio, eu jamais fiquei de oba oba com meninas aqui no blog. E vou usar o Mario Quintana como meu advogado de defesa, posso?

Da própria obra
"Exaça o Remendão seu trabalho de esteta...
Mestre Alfaiate gaba o seu corte ao freguês...
Por que motivo só não pode o Poeta
Elogiar o que fez?"

Você perdeu textos que eu gostei muito de fazer e que ficaram realmente bons. Passe e leia as crônicas - são no estilo que você gosta - leia também as minas do cara : "Venha ver o pôr do sol". Essa ficou linda! Vai ver como sou um cara romântico.

Uma que eu gostei muito foi "Bom de bola é pouco". Ali você vai ficar curioso para saber quem realmente sou.

Leia a Entre Estrelas com Gustavo Flávio, aquela ficou ótima! Foi a segunda que escrevi; a primeira que publiquei. E esta com a Amargah é a terceira que escrevo com ela. Essa personagem ficou boa, agora é trabalhar!

Agora me fala uma coisa, as imagens estão mais bonitas? Você acha que o blog esteticamente está legal?

Eu acho que ficou mais bonito, e você?

Um grande abraço, Augusto.

P.S.: Olha que agora escrevo meu nome aqui, e não O cara por trás da Mina do cara.

Alline disse...

Minha primeira vez aqui, no rastro da Amargha. Sempre afiada, e a Mirian do Cara da Mina não deixou barato.
Muito bom!

A Mina do cara! disse...

Alline, que não seja a última.
um beijo

Luna Sanchez disse...

Eeerrrr...Oi!

Não quero atrapalhar a conversa do Cara e do Sylvio mas, caso vocês não saibam, existe uma ferramenta bem interessante chamada MSN...

Ehehehehe...tô brincando, vim aqui para agradecer a presença da Alline, minha amiga queridíssima, e deixar beijos.

Podem continuar agora, rapazes. =)

ℓυηα

Sylvio de Alencar. disse...

De fato vc tem razão Lu...
Entrar justamente aqui...!
Nem pensei nisso (MSN)!!!! (Na verdde, nem me importei. Rsrsrs!!)
É que a gente começa, engata uma marcha e quando vemos já estamos em velocidade de cruzeiro...
É que..., entre homens não existe este negócio de ficar pedindo pra bater papo em MSN; a não ser que pinte um clima. rs!!

Hummm..., ahhh..., linda entrevista; da próxima vez vê se responde as perguntas direitinho; respondendo desse jeito vc nunca chegará às paginas da Contigo. (brincadeirinha, Mina)

Bjs lunáticos Lu.

Luna Sanchez disse...

Ô, Sylvio, mas eu estava gostando muito do debate, de verdade, falei no MSN só pra encher o saco de vocês. ;)

Beijos aos dois.

ℓυηα

Sylvio de Alencar. disse...

Luna, parei por aqui...
Não posso ficar cutucando a onça com vara curta (15cm...)
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!